doula-blue-square-300x300

Começarei dizendo o a definição de doula: A palavra “doula” vem do grego “mulher que serve”. Nos dias de hoje, aplica-se às mulheres que dão suporte físico e emocional a outras mulheres antes, durante e após o parto.

O que a doula faz?

Antes do parto a ela orienta o casal sobre o que esperar do parto e pós-parto. Explica os procedimentos comuns e ajuda a mulher a se preparar, física e emocionalmente para o parto, das mais variadas formas.

Durante o parto a doula funciona como uma interface entre a equipe de atendimento e o casal. Ela explica os complicados termos médicos e os procedimentos hospitalares e atenua a eventual frieza da equipe de atendimento num dos momentos mais vulneráveis de sua vida. Ela ajuda a parturiente a encontrar posições mais confortáveis para o trabalho de parto e parto, mostra formas eficientes de respiração e propõe medidas naturais que podem aliviar as dores, como banhos, massagens, relaxamento, etc..

Após o parto ela faz visitas à nova família, oferecendo apoio para o período de pós-parto, especialmente em relação à amamentação e cuidados com o bebê.
Fonte: http://doulas.com.br/oque.php

Cada doula trabalha de uma maneira diferente, cobram valores diferentes, que variam da experiência e formação que possuem.  Algumas fazem apenas o acompanhamento gestacional, outras o parto e outras só o pós-parto. Existem doulas também que fazem as três coisas.

Então o que a doula NÃO faz por você?

Ela não toma decisões no seu lugar,  não interfere nas suas escolhas e no seu parto. Doulas informam, tiram dúvidas, ajudam quando você pede , e passam informações necessárias para que VOCÊ decida o que fazer. Doulas não falam por você, não podem impedir o médico/enfermeira que estiver atendendo o parto de fazer nada.

A doula não é um guarda costas ou segurança. A doula protege sim quem está parindo, mostrando quais as opções você tem, os caminhos que você pode seguir.  A doula não vai e não pode parir por você. É muito comum ler relatos de mulheres que disseram que a doula mandou que a cliente fizesse analgesia, ou que não fizesse, que não impediu o médico de fazer algum procedimento que a mulher não queria. Isso acaba gerando um conflito entre doula e doulanda que não deveria existir. Mas na verdade acho que algumas mulheres não entendem que doulas não podem fazer nada disso.

Pois cada vez que uma doula bate de frente com um profissional ela prejudica a próxima doula que vai entrar na instituição. Se a mulher ou seu acompanhante baterem de frente isso vai fazer com que o profissional perceba que ele está prestando um serviço a vocês  e não fazendo um favor. Isso ajuda as próximas mulheres que irão parir na instituição.

Então a minha recomendação para quem procura uma doula é: Leia, pesquise, converse com a sua doula e entenda que ela ajuda, apoia, mas você deve tomar as rédeas do seu parto. Juntas vamos muito mais longe!

Boa Hora,
Cris Doula

Post inspirado nesses links http://birthmonopoly.com/doulas/
http://www.yourdoulabag.com/blogs/yourdoulabag/10379953-what-to-do-about-a-bad-doula


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *