Nascimento Catarina - Mãe Carolina - Obstetra Dr Fernando Pupin - Foto por Carol Dias

Algumas mulheres acreditam que ir para o hospital, no início do trabalho de parto, é a melhor coisa a se fazer, pois o médico vai fazer o parto acontecer. E algumas até se frustram quando percebem que o médico tem apenas a grande função, de monitorar o bebê e mãe, para que o trabalho de parto continue sem problemas. Essa é a real função do obstetra, observar e proteger. A Doula de ajudar durante todo o processo, ainda quando a mulher está em casa, pessoalmente ou pelo telefone. Ela ampara, conforta e ajuda sempre que necessário.

A recomendação que eu dou para todas as mulheres que acompanho é que qualquer dúvida, qualquer coisa que elas me liguem, antes mesmo de ligar para o médico. Que eu vou sugerir várias coisas, enquanto elas ficam em casa, em fase latente, e que só devemos ir para a maternidade com contrações de 3 em 3 minutos por mais de 1 hora. Além disso eu sempre afirmo que a mulher saberá quando é trabalho de parto, que ela vai saber por instinto a melhor hora de ir, que ela vai saber quando fazer força e como fazer forçaque parto é instintivo.

Algumas perguntam se eu posso ir para a casa delas antes da fase ativa do trabalho de parto, e eu digo que se elas precisarem muito, eu vou. Mas que a mulher junto do companheiro, consegue lidar muito bem sozinhos, e que essa privacidade e intimidade entre o casal ajuda para que o parto evolua mais rapidamente.

O resultado disso? Cada vez mais mulheres me ligam pedindo que eu as encontre já na maternidade, e elas sempre chegam com uma dilatação avançada, de 7cm  e até mesmo 10 cm. Isso mostra que elas tiveram trabalhos de parto rápidos, pois produziram naturalmente a ocitocina necessária, que desencadeia contrações eficazes, e endorfina o suficiente para que conseguissem tolerar o trabalho de parto, sem tanta dor.

Então, não pense que o médico, a doula, ou a parteira vão fazer o seu parto. Porquê quem faz o parto é você e o seu bebê. Juntos, em perfeita sintonia, vão se ajudar para que o parto aconteça.

A todas, uma boa hora!
Cris Doula


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *