10625043_172683689731857_2233298972215084645_n

Vim relatar meu trabalho de parto que desencadeou no nascimento da minha princesinha Lorena, que hoje completa 7 dias.

Bom, minha gestação foi super tranquila, sem enjoos, sem dores, dormia bem, estava sempre muito animada, acreditando que meu trabalho de parto seria rápido e sem complicações… Com 38 semanas já estava com 2 cm de dilatação e super bem, fazendo caminhada, pilates… Cheguei aos 6 cm de dilatação com contrações de 10 em 10 minutos e nível de dor suportável… Fiquei tão feliz!!! O meu obstetra, Fernando Pupin, até recomendou que eu não esperasse contrações de 3 em 3 min, pois corria o risco da Lorena nascer em casa.

Mas, infelizmente, os 4 cm faltantes não foram tão rápido quanto os anteriores… Fui internada com 7 cm, com contrações de 5 em 5 min, na madrugada do dia 26 e somente às 13h40 do dia 27 a Lorena veio ao mundo. Tanto os 3 cm que faltavam para completar a dilatação total, quanto a fase do expulsivo, foram bem complicados. Tive que tomar ocitocina e pedi analgesia, pois não aguentava mais tanta dor. Nesse momento, já se pensava na cesariana. Mas, enfim, cheguei aos 10 cm de dilatação. Já estava morta, cansada, mas como faltava pouco para conhecer minha princesa, tirei energia não sei de onde e prossegui… No início do expulsivo ainda restava o efeito da analgesia, então, por conta disso, e devido às contrações de pequena duração, a fase do expulsivo também foi muito demorada. Depois de quase ter sido submetida à cesariana, depois de quase ter passado pela episiotomia, depois de 3 noites e 2 dias e meio sem dormir e sentindo a dor das contrações, enfim, nasceu a Lorena, forte e saudável, de parto normal e com períneo íntegro.

Hoje eu sei o quão importante é o trabalho da doula. Cristina Melo​, você é uma excelente profissional, que sabe dar toda assistência que a gente precisa nessa hora… Agradeço a paciência da Cris e do Dr. Diego e por todas as palavras de confiança e estímulo. VOCÊS ACREDITARAM QUE EU ERA CAPAZ E NO FIM DEU TUDO CERTO!!! Parabéns a nós e viva a Lorena!!

Fabiana Granemann

 

 


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *