10815920_736076499800020_1051456317_n

Meu nome é Sara Fernandes de França, tenho 28 anos, sou casada a 2 anos com Carlos.

Eu e meu marido começamos a planejar a gravidez e desde então nossa vida deu uma reviravolta. Já havia feito todos os exames e estava tudo certo. Mas devido a demora para engravidar meu marido que não é nada ansioso hehehe pediu para Cris Falcão (ginecologista) uma requisição para fazer espermograma.  Quando saiu o resultado caímos pra traz, foi o pior dia das nossas vidas. Meu marido não tinha nenhum espermatozóide (nem vivo nem morto). Mandamos o resultado pra Dra Cris e ela retornou dizendo: Olha se vocês querem realmente engravidar procurem um urologista.

No dia seguinte fomos ao médico e a partir daí meu marido começou um tratamento com remédios que duraria 3 meses, se eu não engravidasse durante esse período não engravidaria mais. Pra ser bem sincera não tínhamos muita esperança, afinal parecia muito pouco tempo para um milagre tão grande.

Mas para nossa surpresa no dia 23/01/2014 descobrimos que o milagre aconteceu: sim eu estava grávida. No ultimo mês do tratamento consegui engravidar. Uma felicidade imensa voltava a reinar na nossa casa.

Desde então sempre quis parto normal e minha amiga Adriana Baron me apresentou o trabalho da Cris. Fiquei encantada, li praticamente todos os relatos em seu blog e realmente vi que ela era um anjo e que precisava dela comigo no dia do meu parto.

Minha gravidez foi bem tranqüila até que com 36 semanas tive um sangramento muito forte e corremos pra maternidade, para minha sorte a Cris estava lá acompanhando um parto e me deu a maior ajuda. Entramos no consultório do medico de plantão e para minha surpresa minha pressão estava 18/12, fiquei desesperada e comecei a passar mal ali mesmo. Uma dor de estomago, um mal estar, tudo devido a pressão alta. Sei que com essa minha pressão muitos outros médicos iriam me levar pra sala de cirurgia e fazer a cesárea naquele momento. Mas graças a Deus escolhi a ginecologista certa que me deixou uma semana internada tomando remédio para controlar a pressão.

Fui pra casa com a condição de monitorar minha pressão e tomar remédio para estabiliza-la. Até que com 38 semanas e 3 dias estava em casa e comecei a sentir as temidas contrações. Meu marido tinha acabado de chegar em casa e resolvi por orientação da Cris tomar um banho para relaxar. Mas muito pelo contrario, assim que entrei as contrações começaram de 5 em 5. Sai do banho e meu marido já havia colocado todas as coisas no carro hehehehe (nada ansioso).

3 - IMG-20141201-WA0014

Como tinha um quadro de pressão alta a Cris Falcão pediu pra eu ir para a maternidade. Pegamos a Cris e fomos, isso era 20h30min. Chegando lá fui atendida pelo Dr. Diego (um amor de pessoa), estava com 3 cm e minha pressão estava muito alta devido as dores das contrações. E lá no consultório ele disse que essa madrugada minha Laurinha ia nascer. Me deu um frio na barriga junto com uma felicidade imensa de pensar que naquele noite iria ver o rostinho da nossa filha tão esperada.

Dali fomos caminhar (eu, Cris e meu marido Carlos). Ficamos no pátio da maternidade, comemos X, tomamos coca e as contrações agora de 3 em 3.

2 - IMG-20141201-WA0015

A meia noite outro exame de toque: 5 cm 😀 coisa linda. Dra Cris já estava a caminho, marido dando entrada na internação e lá fomos para a tão sonhada sala de parto. Chegando lá fui para a banheira (que coisa boa – relaxante), dali para o chuveiro, bola, caminhada pela clínica, Cris fazendo massagem, marido me dando a maior força…Lá fiquei até 4:37 quando minha pequena veio ao mundo com 47 cm e 2.552. Na penúltima contração minha bolsa estourou, quase nasceu empelicada.

4 - IMG-20141201-WA0011

10805451_736075989800071_67906856_n

Meu marido me perguntou se eu passaria por tudo novamente. Com certeza!! Sinto saudades desse dia.

Não tenho palavras para agradecer todo dedicação, carinho e atenção que a Cris teve conosco. Nunca esqueceremos de você. Seu trabalho é lindo.

Dra Cris que me acompanhou desde o começo com muito carinho e simpatia. Obrigada pela paciência por ter esperado que a Laura nascesse de parto normal.

Cris Doula e Dra. Chris Falcão

Cris Doula e Dra. Chris Falcão foto batida pelo pai dentro da banheira

Obrigada ao meu marido, amigo, parceiro Carlos pela paciência, carinho e por estar sempre ao meu lado. Te amo muito.

 

10805509_736076223133381_1573101487_n


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *