ADESIVO-PARA-LATINHA-CHEGUEI-MENINO-COD

O que você pensaria se sua filha(o) ligasse avisando que seu neto acabou de nascer? – “Ficaria muito braba, eu queria que me avisassem quando começasse o trabalho de parto – Como assim nasceu? E foi parto normal mesmo? Credo!!!! – Absurdo, excluir a família do nascimento do bebê.”

O que você achou da sua família esperando na maternidade? ”- Foi horrível a pressão que eu senti por parte deles – Eu não conseguia relaxar, me entregar, porque sabia que minha família estava atrás da porta – Se pudesse voltar atrás, não contaria pra ninguém, só avisaria depois que nascesse.”

E aí? O que fazer?

O parto é um momento único, é o nascimento daquele bebê, é o renascimento do casal, é um acontecimento familiar. Mas um trabalho de parto natural pode demorar 12, 18, 24 horas e até mesmo dependendo da situação. Será que a família consegue ficar esse tempo todo sem interferir negativamente no trabalho de parto?

A recomendação de todos os profissionais que trabalham com partos humanizados é – Diga a TODOS que o bebê é esperado para a data que completa 42 semanas, e não 40 semanas. Pois se passar da data prevista, a maioria vai enlouquecer e essa ansiedade afeta e muito a gestante. Então diga se a data prevista é para início de julho, diga que o prazo do bebê é final de julho. Isso, chuta bem longe, porque vai nascer antes e todo mundo fica feliz.

Além disso, não avise ninguém que você entrou em trabalho de parto. Pois se demorar, as pessoas acham (elas tem certeza!) que tem algo errado aí, e que até a equipe do parto está escondendo a verdade. Principalmente pessoas que não concordam com o que você escolheu, essa energia negativa e os comentários que virão sobre o seu parto, não ajudam em nada. Quando avisar? Depois que o bebê nascer, e você estiver se sentindo bem e pronta !! Ah, alguns podem ficar chateados, mas é melhor vocês parirem em paz do que ficar fazendo sala pra visita numa hora dessas. Não gente, eu não sou malvada, mas é verdade.

As pessoas querem acompanhar, estão ansiosas pra ver o bebê, mas elas esquecem que esse momento é muito íntimo, que é necessário respeito e privacidade total. Além disso, se não tem nada que elas possam fazer para ajudar, então ficar horas no hospital é que não vai.

Então, fica a dica! Converse com a sua família, explique o que você deseja, para que no dia você não tenha que lidar com algo indesejado.

Cristina Melo
Mãe & Doula

 

 


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *