O trabalho de parto é antecedido por um período preparatório denominado de pré-parto, período prodrômico (ou pródromo de trabalho de parto) ou período premonitório. Nesta etapa vários sinais estão presentes, demonstrando que o trabalho de parto e o nascimento do bebê se aproximam. O período premonitório do parto ou período pré-parto é caracterizado pela presença de contrações, por vezes dolorosas, que ocorrem em intervalos e intensidade irregulares, não apresentando ritmo.

 

Essas contrações não são efetivas para dilatar o colo uterino e constituem o chamado “falso trabalho de parto”, onde, embora haja contrações, não há alteração do colo do útero (ou seja, não há a dilatação do mesmo com progressão para o nascimento do bebê).

 

 Nesta fase há a descida do fundo uterino (a barriga materna fica mais baixa), decorrente do encaixamento da cabeça do bebê na pelve materna. Essa descida da cabeça do bebê acarreta no aumento de dores lombares e dores nas articulações dos ossos do quadril da gestante. As vezes a única manifestação é uma sensação de “peso” na região supra-púbica (na região da bexiga).

 

Há ainda nesta fase, uma secreção exacerbada de muco pelas glândulas presentes no colo uterino, sendo eliminada uma secreção mucosa pela vagina, acompanhada ou não de sangue em pequena quantidade. Este sinal é chamado de perda de tampão mucoso.

O colo uterino fica mais amolecido e progressivamente mais curto ao toque vaginal (processo chamado de amadurecimento do colo).
Próximo ao final da gestação, as contrações se tornam mais freqüentes e intensas e a regularidade associada à dilatação do colo uterino caracterizam o trabalho de parto que se inicia.

Não é possível dizer o exato momento em que há a transição do período pré-parto para o trabalho de parto, pois o período premonitório do parto pode anteceder o parto em dias; e esta transição ocorre normalmente de forma gradual e quase insensível.

Sinais que podem aparecer e significam que o parto está próximo
-Perda do Tampão Mucoso;
-Barriga mais baixa e facilidade para respirar;
-Intestino funcionando com maior frequência;
-Secreções vaginais aumentam;
-Dor lombar;
-Vômitos.

Fonte!

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Relatos de Partos !!

Relato Amanda – Nascimento Maitê – Parto Natural

Eu sabia que não seria fácil, afinal eu já havia passado por isso, mas eu precisava reescrever a história do meu parto, aquela história de um parto lindo mas com intervenções desnecessárias, com sofrimento demais, Leia mais…

Relatos de Partos !!

Relato Ana – Nascimento Joaquim – Parto normal 18/07/19

Completei 40 semanas numa terça-feira de troca de lua com direito à eclipse lunar. Eram umas 20h quando olhamos para o céu e vimos aquela lua cheia tomada pela sombra, e eu já sentia as Leia mais…

Relatos de Partos !!

Relato de parto Suelen – Cesariana – 24/09/19 {gravidez até a alta do Theo}

Os Planos Passamos 2 anos tentando engravidar, lidando com a falta de um ovário e outro ovário policístico. Decidimos por fim buscar um tratamento de fertilização em janeiro de 2019. O novo ciclo menstrual não Leia mais…