foto do google

foto do google

O plano de parto é um documento feito pela gestante e seu acompanhante, sobre o que eles desejam que seja feito (ou não) o parto.
Abaixo, um exemplo de plano de parto. Atenção: Não é garantia nenhuma, não precisa ser registrado em cartório, mas é uma forma muito importante de dizer tudo que a mulher quer que seja feito e respeitado.

Plano de Parto

Estou ciente de que nem sempre as coisas saem como planejamos, mas peço que respeitem minhas escolhas e desejos, e sempre que necessária alguma mudança, que eu, meu marido e minha doula, sejamos comunicados.

No trabalho de parto:
– Presença do meu marido e doula;

– Liberdade para beber e comer enquanto seja tolerado;
– Sem perfusão contínua de soro;
– Liberdade para caminhar e mudar de posição;
– Liberdade para uso ilimitado da banheira e chuveiro;
– Monitoramento fetal: apenas se for essencial, e não contínuo.
– Analgesia: peço que não seja oferecido anestésicos ou analgésicos. Eu pedirei quando achar necessário.

Na hora do nascimento:
– Prefiro cócoras ou cócoras sustentada. Aceito outras sugestões caso as posições acima não funcionem.

– Prefiro fazer força quando me der vontade, em vez de ser guiada pelo processo.
– Gostaria de um ambiente especialmente calmo nessa hora.
– Episiotomia: prefiro não ter, e gostaria que o períneo fosse aparado na fase da expulsão, além da aplicação de compressas quentes e massagem com óleo.
– Gostaria de ter o bebê imediatamente colocado em meu colo e se houver necessidade de aspirar as vias respiratórias, prefiro que seja feito enquanto ele está comigo.
– O pai cortará o cordão umbilical, depois que esse parar de pulsar.

Após o parto:
– Aguardar expulsão espontânea da placenta com auxílio da amamentação.

– O bebê deve ficar comigo o tempo todo, mesmo para avaliação e exames.
– Não quero que seja dado o banho no primeiro dia de vida.
– Liberação para o apartamento o quanto antes.

Cuidados com o bebê:
– Amamentação sob livre demanda, não oferecer água glicosada ou bicos.

– Alojamento conjunto o tempo todo. Pediatra faz avaliação no nosso quarto.

Caso a cesárea seja necessária:
– Gostaria da presença de meu marido e doula.

– Que o ambiente esteja com pouca luz.
– Gostaria de ver a hora do nascimento, com o rebaixamento do campo;
– Após o nascimento, gostaria que colocassem o bebê sobre meu peito e que minhas mãos estejam livres para segurá-lo.
– Que ela permaneça comigo durante o resto da cirurgia, com contato pele-a-pele, com a minha doula
responsável pelo bem estar do bebê e amamentação.

 Agradeço a compreensão da equipe envolvida e por participarem desse momento tão importante para a nossa família.

 

——————————–
(nome completo e assinatura da gestante)

A todas, uma boa hora.

Cris Doula


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *