552601_3764874719556_642044307_n

Trechos retirados do site ”Evidence Based Birth” e traduzido por Cristina Melo

As vezes as pessoas acham que não precisam de doulas porque seus parceiros estarão lá para dar apoio contínuo a elas durante o parto. Seu parceiro é um apoio essencial para ter ao lado. Entanto, ele precisará comer, usar o banheiro e descansar. Também, a maioria dos parceiros tem um conhecimento limitado sobre partos, procedimentos médicos, ou como são as rotinas hospitalares. Doulas e parceiros podem trabalhar juntos para que sejam a equipe de apoio. Para ser sobre a perspectiva de um marido sobre contratar uma doula, leia este post / este também.

Então quais as evidências para doulas?

Em 2012, Hodnett et al. publicou uma revisão atualizada em Cochrane sobre o uso contínuo de apoio para mulheres durante o parto. Eles juntaram resultados de 22 estudos que incluíam mais de 15 mil mulheres. Essas mulheres foram randomizadas para receber apoio contínuo individual durante  o parto ou ”tratamento de rotina”. A qualidade dos estudos eram boas.

Apoio contínuo foi fornecido ou por um membro da equipe do hospital, como uma parteira ou enfermeira ( 9 estudos ) , as mulheres que não faziam parte da rede social da mulher e não faz parte dos funcionários do hospital ( doula cinco estudos, educadores perinatais um estudo, enfermeiras aposentadas 1 estudo) , ou um companheiro de rede social da mulher , como um parente ou companheiro da mulher ( 6 estudos ) . Em 11 estudos , o marido / companheiro não tinha permissão para estar presente no momento do nascimento , e por isso apoio contínuo foi comparado com nenhum apoio em tudo. Em todos os outros estudos , o marido ou parceiro foi deixado estar presente para além de a pessoa que presta o suporte de trabalho contínuo.

doula baby

foto google

No geral, as mulheres que receberam apoio contínuo eram mais propensos a ter partos vaginais espontâneos e menos propensos a ter qualquer medicação para a dor , as epidurais , sentimentos negativos sobre o parto, vácuo ou partos assistidos com fórceps, e cesáreas . Além disso, seus trabalhos eram inferiores em cerca de 40 minutos e seus bebês foram menos propensos a ter baixos índices de Apgar ao nascer.

O que isso significa ?

Isso significa que se você tem o apoio de trabalho de parto contínuo ( isto é, alguém que nunca deixa seu lado) , você é estatisticamente mais propensa a ter melhores resultados e seu bebê é mais propenso a ter melhores resultados !

Como doulas foram comparadas com os outros tipos de apoio contínuo ?

Os pesquisadores também analisaram para ver se o tipo de apoio fez a diferença. Eles queriam saber , não importa quem você escolher para o seu contínuo apoio ? Não importa se você escolher uma parteira, doula, ou parceiro por seu apoio contínuo ? Eles foram capazes de olhar para esta questão por seis resultados : uso de qualquer medicação para a dor , o uso de ocitocina durante o trabalho de parto vaginal espontâneo , cesárea , a admissão ao berçário de cuidados especiais após o nascimento, e avaliações negativas de experiência do nascimento .

Para a maioria desses resultados , * os melhores resultados ocorreram quando a mulher teve o apoio do trabalho contínuo de uma doula , alguém que não era um membro da equipe do hospital e que não fazia parte da rede social da mulher. Quando o suporte de trabalho contínuo foi fornecido por uma doula , as mulheres experimentaram um:

Diminuição de 31 % na utilização de oxitocina *
Diminuição de 28 % no risco de cesárea – *
Aumento de 12% na probabilidade de um parto vaginal espontâneo *
9 % de redução no uso de qualquer medicação para o alívio da dor
Diminuição de 14 % no risco de recém-nascidos a ser internado em um berçário de cuidados especiais
34 % de redução no risco de estar insatisfeita com a experiência do nascimento *

Para quatro destes resultados (os com  *), os resultados com uma doula foram melhores do que todos os outros tipos de apoio contínuo que foram estudados.  Para os outros resultados , não houve diferença entre os tipos de suporte contínuo. (Os sem * do lado)

312458_462116783837595_484848940_n

Foto: Carol Dias Fotografia

Por que as doulas são tão eficazes?

Existem três razões principais pelas quais nós pensamos doulas são tão eficazes. A primeira razão é a teoria do ” ambiente hostil ” . Na maioria dos países desenvolvidos, desde o nascimento mudou-se para fora da casa e no hospital, as mulheres têm vindo a dar à luz em condições que muitas vezes pode ser descrito como severo. No hospital, as parturientes são freqüentemente submetidos às rotinas institucionais , altas taxas de intervenção , o pessoal que são estranhos , falta de privacidade , iluminação brilhante e agulhas . A maioria de nós tem dificuldade em lidar com essas condições , quando estamos sentindo o nosso melhor. Mas as mulheres em trabalho de parto para lidar com essas condições adversas , quando eles estão em seu estado mais vulnerável. Essas condições adversas podem retardar o trabalho de parto e diminuir a auto -estima da mulher. Pensa-se que uma doula ” amortece ” este ambiente hostil , fornecendo apoio contínuo e companheirismo que promove a auto -estima da mãe ( Hofmeyr , Nikodem et al . , 1991) .

A terceira razão que as doulas são eficazes é porque doulas são uma forma de alívio da dor ( Hofmeyr , 1991). Com o apoio contínuo , as mulheres são menos propensos a solicitar epidurais ou medicação para a dor ( Hodnett , 2011) . Por que as mulheres com doulas  são menos propensos a solicitar medicamentos para a dor ? Bem, as mulheres são menos propensos a solicitar medicamentos para a dor quando têm uma doula , porque eles simplesmente não precisam de uma epidural tanto assim ! As mulheres que têm uma doula são estatisticamente mais propensos a se sentir menos dor quando a doula está presente. Além disso, evitando a anestesia epidural , as mulheres podem evitar muitas intervenções médicas , que muitas vezes vão junto com uma epidural, incluindo aumento ocitocina e monitoramento fetal eletrônico contínuo ( Caton , Corry et al . , 2002).

Com base na leitura da prova,  vim com um modelo conceitual de como doulas  influenciam os desfechos .

Um modelo conceitual é o que os pesquisadores usam para tentar entender como um fenômeno funciona. Aqui está o meu modelo conceitual sobre o fenômeno do apoio doula . Este modelo já foi traduzido em várias línguas diferentes , por favor contacte- me se você gostaria de traduzi-lo em sua língua nativa.

doula-conceptual-model

 

Como faço para encontrar uma doula?

Se você está em cima do muro sobre a contratação de uma doula, você pode querer entrevistar várias doulas com seu parceiro. Pesquise em www.doulas.com.br

Então, qual o final de tudo isso?

As evidências mostram que a coisa mais importante é que as mulheres têm o apoio do trabalho contínuo de alguém, se essa pessoa é uma enfermeira, parteira, parceiro ou doula. No entanto, com vários resultados de nascimento, doulas têm um efeito mais forte do que outros tipos de apoio. 

Post retirado do site: “Evidence Based Birth”

Traduzido por: Cristina Melo (Doula)

Parto_Antonia-16

Foto Carol Dias Fotografia

 

Referencias:

  1. Caton, D., M. P. Corry, et al. (2002). “The nature and management of labor pain: executive summary.” Am J Obstet Gynecol 186(5 Suppl Nature): S1-15.
  2. Declercq ER, Sakala C, Corry MP, Applebaum S. (2007). “Listening to mothers II: Report of the second national U.S. survey of women’s childbearing experiences.” The Journal of Perinatal Education 16:9-14.
  3. Hodnett, E. D. (2002). “Pain and women’s satisfaction with the experience of childbirth: a systematic review.” Am J Obstet Gynecol 186(5 Suppl Nature): S160-172.
  4. Hodnett, E. D., S. Gates, et al. (2012). “Continuous support for women during childbirth.” Cochrane database of systematic reviews: CD003766.
  5. Hofmeyr, G. J., V. C. Nikodem, et al. (1991). “Companionship to modify the clinical birth environment: effects on progress and perceptions of labour, and breastfeeding.” British journal of obstetrics and gynaecology 98(8): 756-764.

 


1 comentário

Cassia · 19 de outubro de 2013 às 9:48

Oi Chris.td bem…

Saudades de seus relatos de parto…..

Não nos abandone…..

bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *