O que é Doula?

 Na gestação
A doula cuida do ”pré-natal emocional” que envolve ouvir a gestante com suas angústias e medos, conversar e explicar como o corpo se prepara para o nascimento do bebê, o que ela precisa fazer para se preparar para o parto e o que ela deve esperar para o pós-parto. Para resumir é tudo que envolve a gestação como o enxoval, escolha do obstetra, da maternidade, entre outros. E tudo que envolve o parto como fisiologia do parto, fases do trabalho de parto e cuidados após, além de amamentação e cuidados com o bebê. Esse acompanhamento complementa e JAMAIS substituiu o acompanhado médico que monitora o crescimento do bebê e a saúde da gestante.

No dia do parto
A doula é a primeira pessoa a ser contactada quando a gestante achar que está entrando em trabalho de parto. A partir deste momento a doula fica de sobreaviso orientando a gestante e acompanhando a distância a evolução do trabalho de parto. Quanto a fase ativa inicia a doula vai ou para a casa da gestante ou a encontra no hospital para avaliação dos sinais vitais tanto da mãe quanto bebê (que não são feitos pela doula). Durante todo o processo de dilatação a doula vai ajudar o casal explicando o que está acontecendo, oferecendo apoio físico e emocional, além de orientar quando necessário o que pode ser feito para ajudar no parto (acelerar o processo, melhorar a posição do bebê, diminuir a dor naturalmente com massagens, óleos, etc).

O papel da doula no parto é muito extenso e difícil de detalhar, por isso eu gosto tanto dos relatos de partos. Cada casal explica como a doula foi importante no processo das mais diversas formas. Seja pela segurança de ter uma profissional ao seu lado o tempo todo, ou pelas orientações, ou até mesmo para o acompanhante poder descansar sabendo que a doula estará lá para apoiar a gestante. O papel da doula e do acompanhante são completamente diferentes pela experiência que a doula trás para o parto.

fotografia-de-nascimento-joaquim-florianopolis-11

http://rlarroyd.com/fotografia-de-nascimento-joaquim/

No pós-parto imediato
A doula incentiva o contato pele-a-pele e amamentação na primeira hora, ajudando a puérpera a posição o bebê se necessário. Após essa primeira hora quando o bebê é avaliado pelo pediatra a doula ajuda a puérpera a comer, tomar banho a acompanha até o quarto onde novamente o bebê irá mamar se ele desejar. Nesse momento geralmente a doula vai embora.
Após a alta a doula fica ainda á disposição para ajudar nas dúvidas que surgirem com a amamentação e cuidados com o bebê, podendo ser por telefone, internet ou até mesmo a domicílio se for o combinado previamente.

http://rlarroyd.com/fotografia-de-nascimento-joaquim/

http://rlarroyd.com/fotografia-de-nascimento-joaquim/

E se for uma cesariana?

Se o parto evolui para uma cesárea ou se já tiver indicação antes mesmo do trabalho de parto, a doula pode acompanhar todo o processo trazendo conforto e apoio. Quando a gestante entra no centro cirúrgico o acompanhante não pode entrar, mas a maioria dos locais autorizam que a doula entre. A doula ajuda a gestante a se posicionar para receber a anestesia e fica ao seu lado explicando todos os procedimentos que estão sendo feitos (se a gestante quiser saber). Quando a cirurgia começa o acompanhante entra e nessa hora eu sempre digo que além de doula viramos também ”fotógrafas” e podemos registrar o nascimento do bebê enquanto estamos ao lado do casal.

Quando o bebê vai nascer pedimos para o anestesista abaixar o campo que tampa a visão da mãe e assim o casal assiste ao nascimento do bebê. Assim que o pediatra autorizar (após avaliação inicial) a doula coloca o bebê em contato pele-a-pele e incentiva a amamentação ainda durante a cirurgia. Caso a mulher tenha alguma reação ou mal estar durante o processo a doula fica atenta para pegar o bebê e entregar ao acompanhante. Se a equipe do hospital autorizar a doula veste o bebê e/ou ensina o acompanhante a vestir. Na recuperação a doula novamente incentiva a amamentação, dá orientações ao casal antes de partir. O acompanhamento pós-parto acontece da mesma forma do parto normal.

fb_img_1476206983350

Nascimento Cissa – Illusion Estúdio de Imagem

Então o que não é papel da doula?

A doula não recebe capacitação para realizar qualquer procedimento médico ou de enfermagem. Por isso esse não é o nosso papel. Todo o resto desde aliviar as dores das contrações, ajudar a mulher a se alimentar ou até  vestir o bebê a doula pode fazer. Mas avaliação física da mãe ou do bebê não.

E se a doula que eu contratar tiver formação em enfermagem?
Se ela realizar procedimentos ela não estará atuando como doula e sim como enfermeira e portanto
responsável técnica pelo parto. A atuação de doulas não pode ser confundida com das enfermeiras obstetras/obstetrizes/parteiras e os resultados dessa outra atuação não é o mesmo comprovado nos estudos abaixo:

Concluímos que todas as mulheres deveriam ter apoio contínuo durante o trabalho de parto. A tipo de apoio contínuo durante o trabalho de parto mais benéfico parece ser aquele que é oferecido por uma pessoa que está lá apenas para isso, não sendo parte do círculo social da parturiente, que tenha experiência em oferecer apoio a parturientes e que tenha recebido algum tipo de treinamento para exercer este papel.” http://www.cochrane.org/pt/CD003766/apoio-continuo-para-mulheres-durante-o-parto

E vale a pena ter uma doula?
Diversos estudos no mundo comprovam que ter uma doula trás muitos benefícios, alguns estudos estão abaixo:
http://crisdoula.com/uma-das-ferramentas-mais-eficazes-para-reduzir-o-indice-de-cesareas-doulas/http://crisdoula.com/evidencias-qualitativas-sobre-o-acompanhamento-por-doulas-no-trabalho-de-parto-e-no-parto/
download

Quanto custa ter uma doula?
O valor varia muito de cada estado mas em média uma doula experiente cobra entre 1.300 e 1.500 reais em Santa Catarina. No Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo o valor pode chegar a 2 mil reais. Geralmente esse valor inclui tudo que coloquei: Acompanhamento da gestação, parto e pós-parto mas cada doula trabalha de uma forma então é bom entrar em contato e verificar.

 

Vantagens em ter uma Doula                               

As pesquisas têm mostrado que a atuação da doula no parto pode:

  • diminuir em 50% as taxas de cesárea
  • diminuir em 20% a duração do trabalho de parto
  • diminuir em 60% os pedidos de anestesia
  • diminuir em 40% o uso da ocitocina
  • diminuir em 40% o uso de fórceps.

Embora esses números refiram-se a pesquisas no exterior, é muito provável que os números aqui sejam tão favoráveis quanto os acima mostrados.

E 6 semanas após o parto, mulheres que tiveram doulas:

*Menos ansiosa e depressiva;
*Mais confiante com seu bebê;
*Mais satisfeita com seu parceiro
* Maior sucesso na amamentação;
( Estas estatísticas aparecem em ” A Doula faz a diferença” de Nugent in Mothering Magazine, Março-Abril 1998 e ” A Doula” By Klays em Chilbbirth Instructor Magazine, 1995)

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: